Estamos chegando à época mais maravilhosa do ano: o Natal. É um tempo especial que relembra o nascimento de Cristo e procura despertar o sentimento de solidariedade e compaixão. Também é um período que se destaca pelas ornamentações variadas, pelas luzes coloridas, pela fusão cultural (afinal de contas, o Brasil é um país tropical, mas nem por isso deixa de usar enfeites como bonecos de neve e renas que puxam trenós). Mas como funciona a decoração de Natal em condomínio?

Justamente por conta da grande diversidade em nosso país, um condomínio acaba se mostrando uma síntese de opiniões variadas. É importante que o síndico tente fazer o melhor possível para agradar a todos nesse período tão harmônico, sempre de olho nas regras de condomínio e nas contas.

Neste post, daremos algumas dicas de como entrar no clima dessa época cativante, fazendo uma inesquecível decoração de Natal em condomínio. Confira!

O hall de entrada

Um dos pontos mais importantes para levar em consideração é o hall de entrada do condomínio, pois é um espaço bem visitado, já que por ele costumam passar condôminos, visitantes, trabalhadores e muitos outros. Corresponde à sala de entrada em uma casa. Trata-se do local ideal para receber a árvore de Natal, que é um dos mais significativos símbolos da festa.

Recomenda-se usar tons de cores mais específicos para não gerar poluição visual, que geralmente não agrada. O dourado e o vermelho, por exemplo, formam uma boa combinação. Outra opção que funciona é o prata com o azul. Também é possível obter ótimos efeitos visuais usando tons monocromáticos, como dourados ou prateados.

A árvore pode receber diferentes elementos, como pisca-pisca, bolinhas coloridas, laços, festões, anjinhos, bonequinhos de neve e de Papai Noel, trenós, renas, caixinhas de presente e assim por diante.

O aparador

Se os corredores tiverem algum aparador ou espaço com centro de apoio, que ficam perto de sofás na maior parte das vezes, uma sugestão é organizar objetos simples. A própria decoração que já existe pode ser aproveitada na escolha e organização desses objetos, como vidros e jarros acompanhados de elementos típicos do Natal.

O balcão

Caso o condomínio não conte com espaço suficiente, uma dica é aproveitar o balcão da portaria. É possível criar uma decoração agradável usando algum dos elementos dos aparadores.

Mas não precisa se limitar a eles. Se os decoradores tiverem criatividade, podem ser mais ousados e acrescentar novos elementos.

Os jardins

Os jardins são uma parte especial de qualquer condomínio e podem ser bem explorados com bolas de bambu, de sisal ou de cipó envolvidas em pisca-pisca. Durante o período noturno, certamente o jardim proporcionará um visual fascinante.

É uma prática adotada em alguns condomínios colocar a mangueira de Natal em torno do tronco de vegetais de maior estatura, como palmeiras e outros tipos de árvores. Dessa forma, o pisca-pisca fica protegido contra a água e outros agentes externos, com maior durabilidade e oferecendo mais facilidade na ação de desenrolar.

Os outros espaços e enfeites

Outra dica é espalhar guirlandas com bolinhas coloridas por todos os corredores e diante da porta de entrada de cada apartamento. As guirlandas podem ser feitas de pinho, laços e bolinhas de vidro. Elas simbolizam hospitalidade, são um convite de boas-vindas a todos os que participarão do evento.

Em relação às luzes, existem tipos diversos disponíveis no mercado. Os cordões de lâmpadas incandescentes vêm com 100, 200, 300 ou mesmo 400 lâmpadas fixas e em sequência.

As lâmpadas podem formar cascatas, redes ou cortinas. Também existem as lâmpadas grãos de arroz ou mesmo microlâmpadas. Outra sugestão é usar mangueiras luminosas ou figuras de decoração iluminadas.

Há, ainda, cordões de LED, neon, fitas adesivas e mangueiras natalinas, como dissemos mais acima.

Um enfeite especial é o presépio, que retrata o nascimento de Jesus na manjedoura, cercado por animais, como jumentos e vacas. Outro elemento decorativo é a Estrela-Guia e os Reis-Magos, bem como os anjos, os pastores e as ovelhas. São cenas clássicas que remetem ao Natal e estão registradas na Bíblia.

Não custa nada pendurar meias personalizadas para receber os presentes do Papai Noel, caso o condomínio contrate um profissional para interpretar o bom velhinho ou mesmo para receber os presentes de seus familiares.

Outras boas dicas para economizar e inovar com a decoração de Natal em condomínio incluem: a reutilização e a reciclagem de elementos decorativos do ano anterior; a participação dos condôminos doando seus próprios enfeites; a criatividade, procurando ideias na internet; a preferência pelas lâmpadas de LED, pelo fato de serem mais econômicas, ajudando a não consumir muita energia elétrica.

Os cuidados com a decoração de Natal em condomínio

É preciso ter cuidados principalmente com a rede elétrica para que não ocorram acidentes. Caso contrate uma empresa, certifique-se de que ela conta com eletricistas profissionais e se toma cuidados com a parte elétrica, qual será a voltagem das lâmpadas, a quantidade ideal delas e assim por diante.

Preste atenção para que as tomadas não fiquem sobrecarregadas para evitar curtos-circuitos e queima de lâmpadas. O uso de benjamins pode sobrecarregar tomadas e provocar curtos, por isso é bom evitá-los.

Outro cuidado é não fazer emendas em fios de ligação dos pisca-piscas. É importante comprar produtos que tenham o selo do Inmetro.

Finalmente, mantenha as árvores de Natal longe das cortinas, pois elas podem incendiar com facilidade.

O planejamento

Claro que, para tudo funcionar direitinho, é preciso planejar com alguma antecedência e combinar com todos os condôminos o que deve e o que não deve ser feito. A decoração de Natal em condomínio deve ser uma decisão coletiva e, pelo menos, a maior parte dos moradores deve participar da tomada de decisões.

Talvez nem todos os moradores possam participar da festa, considerando que alguns viajam para outros lugares, especialmente para visitar os familiares que moram longe (pais, irmãos, avós, filhos). De qualquer modo, o evento deve ser o mais bonito possível.

Para tornar o evento ainda mais interessante, vale a pena confeccionar convites convidando cada condômino para participar da festa.

O ideal é que o próprio orçamento anual já contenha os gastos referentes às festas de Natal e Fim de Ano. Na assembleia será decidido o valor a ser empregado para a organização dos eventos, conforme as condições dos moradores.

A decoração de Natal em condomínio deve ser a mais bem planejada de todas as festas do ano devido à importância que tem em nossa cultura.

Aproveite para ler outro post e conhecer dicas para decorar da melhor forma possível o hall de entrada de seu condomínio!